Política

Da wiki Wiki Contra o Acordo Ortográfico
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Ainda que achemos que esta batalha não irá resultar no plano político, vemos todas as formas de luta simultâneas como se reforçando mutuamente na luta contra o acordo ortográfico. Por isso, como complemento à acção directa que caracteriza a estratégia deste guia, colocamos aqui a informação de acção política.

Referendo[editar | editar código-fonte]

Petições[editar | editar código-fonte]

Esta batalha não irá resultar no plano político com petições: na A.R. não há mais vontade política.

Em 2013, falhou uma petição. Em 2018, a petição do Petição Pública falhou no Parlamento.

Iniciativa Legislativa de Cidadãos[editar | editar código-fonte]

A Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o AO é agora Projecto de Lei 1195/XII, apesar do Protocolo Modificativo do AO permitir a entrada em vigor do acordo com a ratificação de apenas três países

Partidos políticos[editar | editar código-fonte]

Estas são as posições dos partidos políticos, por ordem alfabética.

BE[editar | editar código-fonte]

PAN[editar | editar código-fonte]

PCP[editar | editar código-fonte]

A verdade nua e crua é que, volvidos 28 anos, não existe um Acordo Ortográfico comummente aceite, ratificado e depositado, por todos os países da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. Não há sequer previsão concreta em relação a países como Angola ou Moçambique. Falta-lhe o alicerce.

Há quem considere impossível ou contraproducente voltar atrás e corrigir os erros cometidos porque muitas crianças e jovens já aprenderam o Acordo na escola, mas não houve qualquer pejo em fazer experimentalismo ortográfico com os alunos que tiveram de o aprender.

A esmagadora maioria da população aprendeu a norma ortográfica anterior, e também por isso, não é tarde para corrigir um percurso com origem num procedimento errado, desde que se acautelem as necessárias medidas de acompanhamento a quem aprendeu e utiliza a grafia do Acordo.

É preferível aprender com todo este processo, estudá-lo, sair do Acordo Ortográfico e devolver a discussão – ou melhor, dar finalmente a discussão – à comunidade científica e literária na definição de objectivos e princípios de partida para uma nova negociação das bases e termos de um Acordo Ortográfico, assim seja entendida a sua necessidade, junto dos restantes países da CPLP.[1]

PDF: Projecto de Resolução N.º 1340/XIII-3ª — Recomenda o recesso de Portugal do Acordo Ortográfico de 1990, acautelando medidas de acompanhamento e transição, a realização de um relatório de balanço da aplicação do novo Acordo Ortográfico da língua portuguesa e uma nova negociação das bases e termos de um eventual Acordo Ortográfico.

PCTP-MRPP[editar | editar código-fonte]

PS[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]